O quão universal é o Edital Universal do CNPq (2014)!

Ano passado escrevi um artigo apresentando uma sumarização estatística dos resultados do Edital Universal do CNPq.  Como o artigo gerou bastante interesse e o CNPq acabou de divulgar os resultados do Edital Universal de 2014 (Faixa A, Faixa B e Faixa C), resolvi atualizar o artigo com os dados deste ano para verificar se algo mudou nesta edição.

Segue um repeteco do artigo anterior com a inclusão dos dados do edital deste ano.

Começando pelo total de projetos aprovados, é possível ver que o Edital Universal de 2014 foi o maior da história. O número de projetos aprovados subiu de 4628 para 5531, um aumento de quase 20% em relação ao ano passado!

Captura de Tela 2014-11-17 às 09.14.53

Em 2014 tivemos 63 novas instituições contempladas com projetos no Edital Universal, aumentando o número de instituições contempladas de 392 para 455, um aumento de 16%.

Captura de Tela 2014-11-17 às 09.20.33 Em relação às 20 instituições mais contempladas no edital, não tivemos alterações inclusão ou exclusão porém tivemos duas instituições que ganharam uma posição no ranking implicando em duas quedas. A Universidade Federal de Goiás ultrapassou a Universidade Federal da Paraíba na 15a posição e a Universidade Federal do Pará ultrapassou a Universidade Federal de Santa Maria na 17a posição.

Considerando os dados até 2013 estas 20 instituições concentravam 13.754 dos 25.623 projetos financiados (53.7%). Incluindo os dados de 2014, estas mesmas 20 instituições concentram agora 16.414 dos 31.154 projetos financiados (52.7%), uma queda de 1 ponto no percentual de concentração de projetos em instituições.

Posição Variação Instituição 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 Total
1 0 Universidade de São Paulo 311 261 240 283 249 246 261 308 2159
2 0 Universidade Federal do Rio de Janeiro 261 146 192 188 174 256 167 189 1573
3 0 Universidade Federal de Minas Gerais 160 134 118 173 163 210 232 221 1411
4 0 Universidade Federal do Rio Grande do Sul 223 122 129 152 160 223 171 197 1377
5 0 Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho 109 74 93 107 110 103 132 179 907
6 0 Universidade Federal de Pernambuco 118 69 90 97 105 117 129 140 865
7 0 Universidade Federal de Santa Catarina 96 80 67 96 92 126 129 137 823
8 0 Universidade Federal do Ceará 119 56 84 85 90 111 101 120 766
9 0 Universidade Estadual de Campinas 119 93 73 79 85 77 91 96 713
10 0 Universidade de Brasília 75 39 54 86 77 74 134 125 664
11 0 Universidade Federal do Paraná 74 58 58 80 90 80 75 104 619
12 0 Universidade Federal de Viçosa 86 36 65 56 66 89 82 79 559
13 0 Universidade Federal do Rio Grande do Norte 62 38 57 72 80 59 83 92 543
14 0 Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária 96 40 41 46 78 71 77 74 523
15 1 Universidade Federal de Goiás 60 30 46 64 70 66 71 111 518
16 -1 Universidade Federal da Paraíba 49 40 57 49 67 58 91 86 497
17 1 Universidade Federal do Pará 52 36 35 48 59 64 85 105 484
18 -1 Universidade Federal de Santa Maria 80 36 44 52 47 76 65 73 473
19 0 Universidade Federal da Bahia 62 45 55 58 50 54 52 95 471
20 0 Universidade Federal de São Paulo 50 39 48 39 57 47 85 104 469

Em relação à distribuição da quantidade de projetos entre os comitês é possível observar que tivemos variações de -1.3%  (Educação Física, Fonoaudiologia, Fisioterapia e Terapia Ocupacional) a 0.9% (Biofísica, Bioquímica, Farmacologia, Fisiologia e Neurociências; Medicina) no percentual de projetos aprovados por cada comitê.

Posição Comitê 2007 2008 2009 2010 2011 2012 2013 2014 Total Percentual Variação 2013/2014
1 Agronomia 307 163 153 158 194 274 289 278 1816 5,8% -1,2%
2 Biofísica, Bioquímica, Farmacologia, Fisiologia e Neurociências 234 175 133 186 158 240 194 280 1600 5,1% 0,9%
3 Química 251 187 165 180 139 156 195 227 1500 4,8% -0,1%
4 Medicina 181 179 154 132 165 145 182 265 1403 4,5% 0,9%
5 Física e Astronomia 175 151 149 150 106 127 204 201 1263 4,1% -0,8%
6 Ciências Ambientais 159 61 91 98 123 128 137 184 981 3,1% 0,4%
7 Educação 88 82 104 112 117 124 140 186 953 3,1% 0,3%
8 Microbiologia e Parasitologia 132 88 77 129 110 122 141 143 942 3,0% -0,5%
9 Ciências da Computação 142 77 100 85 101 89 144 179 917 2,9% 0,1%
10 Educação Física, Fonoaudiologia, Fisioterapia e Terapia Ocupacional 50 74 75 85 131 98 183 147 843 2,7% -1,3%
11 Medicina Veterinária 113 66 73 89 95 116 114 142 808 2,6% 0,1%
12 Engenharia de Minas, Metalúrgica e de Materiais 115 63 73 106 100 98 123 128 806 2,6% -0,3%
13 Arquitetura, Demografia, Geografia, Turismo e Planejamento Urbano e Regional 66 50 64 70 89 91 178 193 801 2,6% -0,4%
14 Administração, Contabilidade e Economia 69 50 73 82 92 89 148 192 795 2,6% 0,3%
15 Antrop., Arqueol., C. Política, Direito, Rel. Internacionais e Sociologia 55 64 63 89 104 112 136 169 792 2,5% 0,1%
16 Zootecnia 114 62 60 88 86 123 113 144 790 2,5% 0,2%
17 Ciência e Tecnologia de Alimentos 70 66 49 93 100 117 117 145 757 2,4% 0,1%
18 Saúde Coletiva e Nutrição 84 64 66 64 115 92 106 150 741 2,4% 0,4%
19 Farmácia 86 54 61 90 113 102 105 118 729 2,3% -0,1%
20 Engenharia Elétrica e Biomédica 92 62 69 76 80 74 102 133 688 2,2% 0,2%
21 Genética 94 74 58 69 71 92 97 115 670 2,2% 0,0%
22 Odontologia 93 52 63 67 63 57 75 133 603 1,9% 0,8%
23 Comitê Presidência 0 0 125 210 254 0 0 0 589 1,9% 0,0%
24 Biotecnologia 77 0 49 58 66 98 101 117 566 1,8% -0,1%
25 Engenharia Mecânica, Naval e Oceânica e Aeroespacial 73 51 66 54 78 79 77 83 561 1,8% -0,2%
26 Psicologia e Serviço Social 55 48 53 67 62 77 86 104 552 1,8% 0,0%
27 Geociências 116 42 33 49 70 55 68 88 521 1,7% 0,1%
28 Engenharia Química 73 39 44 56 61 56 63 79 471 1,5% 0,1%
29 Artes, Ciência da Informação e Comunicação 37 32 42 51 40 52 84 120 458 1,5% 0,4%
30 Ecologia e Limnologia 71 62 38 53 54 51 50 71 450 1,4% 0,2%
31 Engenharia Civil 59 39 65 61 40 47 53 85 449 1,4% 0,4%
32 Enfermagem 35 33 31 56 51 70 74 79 429 1,4% -0,2%
33 Zoologia 68 38 43 51 55 41 56 67 419 1,3% 0,0%
34 Matemática e Estatística 44 41 46 39 31 38 105 69 413 1,3% -1,0%
35 Botânica 66 42 39 45 38 42 49 62 383 1,2% 0,1%
36 Engenharia de Produção e de Transportes 44 37 48 36 38 41 65 67 376 1,2% -0,2%
37 Letras e Lingüística 34 37 28 39 47 45 58 87 375 1,2% 0,3%
38 Imunologia 58 36 31 44 42 45 51 64 371 1,2% 0,1%
39 Morfologia 43 33 22 47 33 51 59 71 359 1,2% 0,0%
40 Engenharia Agrícola 82 27 34 39 33 40 43 46 344 1,1% -0,1%
41 Aqüicultura e Recursos Pesqueiros 51 30 29 39 48 48 37 55 337 1,1% 0,2%
42 Recursos Florestais 49 17 38 29 40 52 47 50 322 1,0% -0,1%
43 História 24 19 28 41 31 34 60 59 296 1,0% -0,2%
44 Oceanografia 44 23 24 35 30 34 32 40 262 0,8% 0,0%
45 Energia Nuclear, Energia Renovável e Planejamento Estratégico 32 18 17 23 23 19 23 37 192 0,6% 0,2%
46 Filosofia 12 7 11 15 9 20 28 43 145 0,5% 0,2%
47 Microeletrônica 23 8 11 15 20 16 15 16 124 0,4% 0,0%
48 Desenho Industrial 14 8 7 11 6 12 12 11 81 0,3% -0,1%
49 Multidisciplinar 51 14 0 0 0 0 0 0 65 0,2% 0,0%
50 Divulgação Científica 0 0 6 5 9 7 9 9 45 0,1% 0,0%
51 Defesa 1 0 0 0 0 0 0 0 1 0,0% 0,0%

Em 2013, os  20 primeiros comitês concentravam 16.295 (63.6%) dos 25.623 projetos aprovados ao longo destes 7 anos. Com os dados de 2014, estes 20 primeiros comitês concentram agora 19925 dos 31154 projetos aprovados (64%), um pequeno aumento na concentração dos projetos nas áreas mais contempladas.

Em relação ao Comitê da Ciência da Computação, também podemos observar um aumento no número de projetos aprovados. Este ano tivemos 35 projetos a mais aprovados pelo comitê, um aumento de 24.3% em relação a 2013, superior ao aumento médio de 20% observado no total de projetos aprovados.

Captura de Tela 2014-11-17 às 09.57.52

Em relação ao número de instituições contempladas, também tivemos um crescimento superior a média. Houve um aumento no número de instituições contempladas de 49 em 2013 para 59 em 2014, um aumento de 20%,  4% acima do observado considerando todos os comitês.

Captura de Tela 2014-11-17 às 09.55.53

Em relação à concentração dos projetos na área, em 2013 as 20 instituições com o maior número de projetos concentravam 534 das 738 propostas aprovadas, 72.4% do total.

Já em 2014, essas mesmas 20 instituições concentram 647 das agora 917 propostas aprovadas, 70.5%. Tivemos uma diminuição de quase 2% na concentração dos projetos na área da Computação porém, ainda estamos muito acima (17.8%) da concentração média de projetos considerando todos os comitês, onde as 20 instituição mais contempladas concentram, em 2014, 52.7% dos projetos aprovados.