Qual a importância da variação do preço do Barril de Petróleo no valor das ações da Petrobras?

Esta é uma pergunta que muita gente tem se feito nos últimos tempos em virtude da enorme quantidade de escândalos de corrupção envolvendo a empresa, noticiados a cada 15 minutos pela mídia nacional e internacional.

Uma publicação do amigo Marcus Tulius no Facebook me inspirou a relacionar a variação no valor das ações da Petrobras com a variação do preço do barril do petróleo para avaliar se o que tem feito as ações da companhia despencarem nas bolsas de valores está mais ligado à corrupção ou à precificação deste commodity.

Pois bem, vamos aos números.

Extraí o valor histórico das ações da Petrobras (PETR4) na BOVESPA e o preço do barril de Petróleo BENT no período de 7 de Agosto de 2014 e 6 de Fevereiro de 2015 e plotei o seguinte gráfico:

petroleo-acoes

É possível ver que há uma relação entre as duas curvas mas por este gráfico não é possível dizer o quão determinante a variação no preço do barril de petróleo é na variação do valor das ações.

Sendo assim, plotei um novo gráfico, correlacionando estas duas grandezas, e calculei o valor do coeficiente de determinação, (R2), que indica o quanto a variação de uma grandeza (valor das ações da Petrobras) pode ser explicado pela variação de uma outra grandeza (preço do barril de petróleo).

petroleoxacoes

Estas duas grandezas apresentaram no período avaliado uma correlação extremamente forte, de 0.9414, o que implica em um coeficiente de determinação de 0.886,  o que significa que 88.6% da variação no valor das ações da Petrobras pode ser explicado pela variação no valor do barril de petróleo.

Estes números não me permitem explicar a que se devem os demais 11.4% na variação do valor das ações mas deixa bem claro que, seja qual for a causa adicional, o grande vilão aqui é o preço do barril de petróleo no mercado internacional, coisa que passa longe de ficar claro nas reportagens veiculadas nos últimos dias.

Uma outra conclusão interessante é que com esta análise é possível ter uma idéia de como o valor das ações deve variar com o preço do barril de petróleo.

Pela equação de regressão (y = 0.2454x – 4.0929) podemos estimar que se o barril de petróleo recuperar o seu valor de 07 de Agosto de 2014, R$ 106.08, as ações da Petrobras devem voltar a valer algo em torno de R$ 22,00.

A tabela abaixo apresenta os dados brutos para quem quiser repetir as contas e confirmar o resultado.

Data Preço do Barril do Petróleo Preço das Ações da Petrobras
7/8/14 106.08 20.15
8/8/14 105.62 19.31
11/8/14 105.39 20.14
12/8/14 103.89 19.67
13/08/2014 105.06 18.69
14/08/2014 102.07 18.6
15/08/2014 103.53 20.06
18/08/2014 101.6 20.4
19/08/2014 101.56 20.91
20/08/2014 102.28 21.36
21/08/2014 102.63 21.3
22/08/2014 102.29 20.92
25/08/2014 102.65 22.04
26/08/2014 102.5 21.84
27/08/2014 102.72 22.84
28/08/2014 102.46 22.8
29/08/2014 103.19 23.35
1/9/14 102.79 23.83
2/9/14 100.34 24.56
3/9/14 102.77 23.95
4/9/14 101.83 22.79
5/9/14 100.82 22.82
8/9/14 100.86 21.7
9/9/14 99.93 21.48
10/9/14 98.78 20.95
11/9/14 98.86 21.21
12/9/14 97.96 20.14
15/09/2014 97.88 20.55
16/09/2014 99.05 21.55
17/09/2014 98.97 22.12
18/09/2014 97.7 21.29
19/09/2014 98.39 20.91
22/09/2014 96.97 20.59
23/09/2014 96.85 20.13
24/09/2014 96.95 20.23
25/09/2014 97 19.84
26/09/2014 97 20.94
29/09/2014 97.2 18.6
30/09/2014 94.67 18.09
1/10/14 94.16 17.09
2/10/14 93.42 17.3
3/10/14 92.31 18.35
6/10/14 93.33 20.39
7/10/14 92.57 21.21
8/10/14 91.79 20.85
9/10/14 90.37 21.2
10/10/14 90.58 20.02
13/10/2014 89.41 22.13
14/10/2014 85.41 21.65
15/10/2014 84.12 20.15
16/10/2014 85.82 18.65
17/10/2014 86.16 19.09
20/10/2014 85.4 17.92
21/10/2014 86.22 16.68
22/10/2014 84.71 16.61
23/10/2014 86.83 15.41
24/10/2014 86.13 16.3
27/10/2014 85.83 14.29
28/10/2014 86.03 15.03
29/10/2014 87.12 14.02
30/10/2014 86.24 14.32
31/10/2014 85.86 15.28
3/11/14 85.3 14.85
4/11/14 83.38 14.82
5/11/14 83.52 14.4
6/11/14 83.46 14.06
7/11/14 83.97 14.27
10/11/14 82.95 13.98
11/11/14 82.39 14
12/11/14 81.12 14.11
13/11/2014 77.49 13.6
14/11/2014 79.41 13.2
17/11/2014 79.31 12.6
18/11/2014 78.47 12.45
19/11/2014 78.1 12.78
21/11/2014 80.36 14.3
24/11/2014 79.68 14.21
25/11/2014 78.33 14.15
26/11/2014 77.75 14.1
27/11/2014 72.58 13.44
28/11/2014 70.15 12.8
1/12/14 72.54 12.32
2/12/14 70.54 12.13
3/12/14 69.92 12.73
4/12/14 69.64 12.23
5/12/14 69.07 12.26
8/12/14 66.64 11.5
9/12/14 67.22 11.36
10/12/14 64.56 10.83
11/12/14 63.99 10.82
12/12/14 62.15 10.11
15/12/2014 61.21 9.18
16/12/2014 60.01 9.38
17/12/2014 61.18 9.66
18/12/2014 59.27 9.46
19/12/2014 61.38 9.83
22/12/2014 60.11 10.32
23/12/2014 61.69 10.97
26/12/2014 59.45 10.3
29/12/2014 57.88 10.28
30/12/2014 57.9 10.02
2/1/15 56.42 9.36
5/1/15 54.17 8.61
6/1/15 52.13 8.33
7/1/15 52.17 8.67
8/1/15 52.03 9.18
9/1/15 51.3 9.4
12/1/15 48.7 8.91
13/01/2015 47.82 9
14/01/2015 49.86 8.74
15/01/2015 48.27 9.34
16/01/2015 50.17 9.44
19/01/2015 48.84 9.19
20/01/2015 47.99 9.32
21/01/2015 49.03 9.82
22/01/2015 48.52 10.25
23/01/2015 48.79 10
26/01/2015 48.16 9.91
27/01/2015 49.6 10.17
28/01/2015 48.47 9.03
29/01/2015 49.13 8.75
30/01/2015 52.99 8.18
2/2/15 54.75 8.66
3/2/15 57.91 10
4/2/15 54.16 10.02
5/2/15 56.57 9.8
6/2/15 57.8 9.12