Análise de Redes Sociais – 2013.2

sna

Sobre a Disciplina

Tudo está conectado: pessoas, informações, eventos e lugares, ainda mais com o advento das redes sociais online. Uma forma prática de compreender essas conexões e suas implicações é analisando-as como redes. Neste curso o aluno aprenderá sobre a estrutura e evolução das redes, combinando conhecimentos oriundos de disciplinas como sociologia, matemática, ciência da computação, economia e física. Análise de dados coletados do mundo real ajudarão a identificar nós importantes na redes, a detectar comunidades e a traçar o fluxo de difusão de informação e da formação de opiniões. Conceitos gerais: nós, vértices, matriz de adjacência, grau. Modelos de rede: aleatório (Erdos-Renyi, Barabasi-Albert), mundo pequeno, redes geográficas. Comunidades: agrupamento, estrutura, modularidade, interseções, anexação preferencial, métricas de centralidade. Propagação da informação: contágio, formação de opinião, coordenação e cooperação. Aplicações de análise de redes sociais.

Professores: Alexandre Duarte e Alisson Brito

Carga horária: 60 horas

Horário: Segundas e Quartas, das 10:00 às 12:00

Conteúdo Programado (Material)

  • Unidade 0: Técnicas para avaliação experimental
    • Introdução sobre o uso de redes para modelar sistemas complexos
    • Visão geral sobre o método científico
    • Projeto de experimentos
  • Unidade 1: O que são redes e porque estudá-las?
    • Vértice
    • Matriz de adjascência
    • Grau
  • Unidade 2: Modelos para redes aleatórias: Erdos-Renyi e Barabasi-Albert
    • Componentes conectados
    • Componente gigante
    • Caminho mínimo médio
    • Diâmetro
    • Pesquisa em amplitude
    • Anexação preferencial.
  • Unidade 3: Centralidade de rede
    • Métricas de centralidade
      • Betweeness
      • Closeness
      • Eingenvector
      • Pagerank
  • Unidade 4: Estrutura de comunidade
    • Estrutura de comunidade e modularidade
  • Unidade 5: Modelo de redes de mundo pequeno, otimização, formação estratégica de redes e busca
    • Mundos pequenos
    • Redes geograficas
    • Busca descentralizada
  • Unidade 6: Contágio, formação de opinião, coordenação e cooperação
    • Contágio simples
    • Formação de opinião,
  • Unidade 7: Aplicações interessantes de técnicas de ARS
    • Exemplos de aplicações não-usuais de técnicas de análise de redes sociais

Bibliografia

Básica

  • Wasserman, S., & Faust, K. (1994). Social network analysis: Methods and applications (Vol. 8). Cambridge university press.
  • Knoke, D., Yang, S., & Kuklinski, J. H. (2008). Social network analysis (Vol. 2). Los Angeles, CA: Sage Publications.
  • Newman, M. (2010). Networks: an introduction. Oxford University Press, Inc

Complementar

  • Hanneman, R. A. and Riddle, M. (2005)  Introduction to social network methods.  Riverside, CA:  University of California, Riverside (Disponível online)
  • Barabási, A. L., & Frangos, J. (2002). Linked: The New Science Of Networks Science Of Networks. Basic Books.
  • Christakis, N. A., & Fowler, J. H. (2009). Connected: How your friends’ friends’ friends affect everything you feel, think, and do. New York: Little, Brown and Co.
  • Watts, D. J. (2004) Six Degrees: The Science of a Connected Age. W. W. Norton.

Forma de Avaliação

Esta disciplina será oferecida para alunos de graduação e mestrado e a avaliação se dará de forma diferente para esses dois grupos de alunos. A primeira parte da avaliação, comum à todos os alunos, se dará através do desenvolvimento de um projeto de pesquisa relacionado ao assunto da disciplina. Os alunos se organizarão em grupos formados obrigatoriamente por alunos regulares do mestrado, alunos especiais do mestrado e alunos de graduação. Os grupos poderão ter no máximo 5 integrantes e dentre estes apenas 1 aluno regular do mestrado, que será considerado o coordenador do projeto/grupo,  responsável por gerir as tarefas e avaliar a participação dos seus integrantes. Cada grupo deverá propor, desenvolver e documentar um projeto de pesquisa envolvendo uma avaliação experimental, preferencialmente focada nos temas de dissertação dos alunos de mestrado. O projeto corresponderá a 50% da média final da disciplina e será avaliado através do documento de proposta de projeto pesquisa, a ser apresentado oralmente em classe no dia 07/10/2013, de um projeto de experimento a ser apresentado em classe no dia 04/11/2013 e de um relatório final descrevendo em detalhes os resultados obtidos com o projeto a ser entregue no final da disciplina. Documentos relacionados:

Os outros 50% da média serão obtidos através de:

  • Uma prova teórica sobre todo o assunto da disciplina (Alunos de graduação)
  • A produção e submissão de um artigo científico (alunos de pós-graduação).

Os alunos de graduação integrantes do grupo também poderão participar da elaboração do artigo mas a responsabilidade sobre a organização, conteúdo e submissão do artigo será do(s) aluno(s) de pós-graduação de cada grupo.

 

DATA DA PROVA: 19/03/2014

 

Comments are closed.